00:00
Tashi Delek!

"Todos nós queremos ser felizes. Esse é o nosso objetivo fundamental na vida, não é? Entretanto, frequentemente, descobrimos que a felicidade é dificil de ser alcançada. Quando não sabemos como lidar com nossas próprias emoções e com nossa mente, a vida se torna muito cansativa e deprimente. Além disso, a maioria de nós, atualmente, é muito ocupada, o que pode nos tornar mais estressados e tensos.

Portanto, nesse pequeno livro, gostaria de explicar três formas simples de ajuda-los a lidar com as emoções e com a mente, para que possam viver de uma forma mais tranquila e feliz."


Kyabgon Phakchok Rinpoche


Adquira seu exemplar em nossa loja!

QUEM SOMOS
O Chagdud Gonpa Padma Ling é filiado à Fundação Chagdud Gonpa Brasil, organização que faz parte de uma rede internacional de centros budistas. A origem desta rede é o Chagdud Gonpa no Tibete, um monastério fundado no século XV.

Os centros brasileiros foram estabelecidos a partir de 1994 por S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche, e oferecem ensinamentos e práticas de meditação da tradição Nyingma do Budismo Tibetano Vajraiana.

A sede do Chagdud Gonpa Brasil é o Chagdud Gonpa Khadro Ling, localizado em Três Coroas, no Rio Grande do Sul, onde se localiza o primeiro templo tibetano tradicional da América Latina. Desde o parinirvana de S.Ema. Chagdud Tulku Rinpoche, em 2002, a rede sul-americana de centros está sob a direção espiritual de Chagdud Khadro. Com ela, trabalham lamas que foram ordenados por Chagdud Rinpoche, e praticantes que tiveram conexão com ele em vida, e que fazem parte do seu poderoso legado. Nossos professores.

O Chagdud Gonpa Padma Ling, localizado em Brasília, no Distrito Federal, foi fundado por Chagdud Rinpoche. O Centro funciona sob a orientação da Lama Sherab Drolma, estudante de Chagdud Rinpoche desde 1992 e ordenada por ele em 2002, atual presidente do Chagdud Gonpa Brasil.

O objetivo do Chagdud Gonpa Padma Ling, da mesma forma que todos os outros centros da Fundação Chagdud Gonpa Brasil é criar condições propícias aos ensinamentos e práticas do Budismo Vajrayana e promover o treinamento na filosofia e nas práticas de meditação que integram a linhagem Nyingma do Budismo Tibetano.

Somos uma organização sem fins lucrativos, destinada a manter viva a intenção de Chagdud Rinpoche de plantar e fazer florescer o caminho Vajraiana conforme foi elucidado por Guru Padmasambhava.

Desejamos que o Padma Ling seja um espaço onde praticantes e simpatizantes do Budismo Tibetano possam aprofundar sua prática e revelar as qualidades positivas da mente, para trazer benefícios a todos os seres sencientes.

Lama Sherab em Brasília. Lama Sherab compartilhando ensinamentos em sua mais recente visita ao Padma Ling
SAIBA MAIS

Desde o parinirvana de Rinpoche, em 2002, ela tem se concentrado em dar continuidade ao treinamento Vajraiana de alta qualidade estabelecido por ele. Durante o tempo em que viveu com o Rinpoche, Khadro recebeu treinamento constante, desde a organização de atividades do Darma, até os ensinamentos e prática do Vajraiana. Ela colaborou na confecção da autobiografia dele “O Senhor da Dança” e, sob a sua orientação, compilou comentários de seus ensinamentos sobre as práticas de Ngondro do tesouro de Dudjom, sobre a prática de Powa revelada por Longsal Nyingpo e sobre a versão concisa de Tara Vermelha de Apong Terton. Como antiga diretora e editora da Padma Publishing nos Estados Unidos, Khadro editou muitas traduções de obras tibetanas.

Chagdud Khadro tem sido incansável em manter o legado deixado por S.Ema. Chagdud Tulku Rinpoche. Ela supervisionou a construção de um Zangdog Palri (Terra Pura de Guru Rinpoche) , trabalha com traduções e publicações de textos em português e espanhol e também ajudou a estabelecer o Sítio Esperança, uma escola e projeto educacional localizada em Minas Gerais. Khadro continua a apoiar projetos de apoio espiritual a quem está morrendo e aos cuidadores do paciente terminal e supervisiona as atividades e ensina em todos os centros do Chagdud Gonpa Brasil e Chagdud Gonpa Hispanoamérica. Ela também concede ensinamentos na Europa, Estados Unidos e Europa e Austrália.

Os ensinamentos sobre a preparação para as transições da morte vêm dos ensinamentos fundamentais sobre a impermanência. Se contemplarmos a impermanência profundamente, encontraremos as nossas prioridades na vida, a habilidade para encarar a morte com confiança e o poder para direcionar a nossa mente ao seu renascimento mais elevado. Também ganharemos uma habilidade maior de ajudar os outros que estão se aproximando da morte.


Powa é um método do budismo através do qual se adquire a capacidade de direcionar, de forma consciente, o próximo renascimento.  O treinamento de Powa traz sinais de realização rapidamente, sem a necessidade de anos de prática rigorosa.  Ao conquistar estes sinais, podemos então nos deparar com a morte com confiança, sem sermos impelidos pelos ventos do carma de volta aos ciclos da existência condicionada.   O treinamento inclui também uma meditação de longevidade que visa fortalecer a vitalidade e a composição dos elementos do corpo. Chagdud Khadro treinou-se extensivamente em Powa sob a direção de Chagdud Rinpoche, e conduzirá este treinamento baseado no texto do tesouro oculto do mestre Rigdzin Longsal Nyingpo (o texto estará disponível para ser adquirido).

CONTATO

Fátima (61) 99978-7370 ou Hipácia (61) 99974-3095

Email: cgpadmaling@yahoo.com.br    Facebook: Chagdud Gonpa Padma Ling

Novidades na loja do Padma Ling

Zen

Em algodão. Fabricado no Nepal.

image01

Incensos

Incensos nacionais e importados para várias práticas.

image02

Lamparinas para altar

Jogos de lamparinas para montar o seu altar.

image03

Pano para sino

Lindo trabalho artesanal. Feito no Nepal.

image04
“O mantra Om Mani Padme Hum é fácil de dizer mas muito poderoso, pois contém a essência de todo o ensinamento.
Quando você diz a primeira sílaba Om é abençoada para ajudá-lo a alcançar perfeição na prática da generosidade, Ma ajuda a perfeita prática da ética pura, e Ni ajuda a alcançar perfeição na prática da tolerância e paciência. Pad, a quarta sílaba, ajuda a alcançar a perfeição da perseverança, Me ajuda a alcançar perfeição na prática da concentração, e a sexta sílaba final Hum ajuda a alcançar perfeição na prática da sabedoria.
Assim, deste modo recitação do mantra ajuda a alcançar a perfeição nas seis práticas de generosidade para com sabedoria. O caminho destes seis perfeições é o caminho trilhado por todos os Budas dos três tempos.
O que poderia, então, ser mais significativo do que dizer o mantra e realizar as seis perfeições?”
CLN 206 - Bloco B – Sobreloja - Asa Norte - Brasília – DF (em cima da panificadora, acesso pela rampa) — Email: cgpadmaling@yahoo.com.br
o