00:00
Tashi Delek!

Para compreender como o sofrimento aparece, pratique observar a sua mente. Comece simplesmente deixando-a relaxar. Sem pensar no passado nem no futuro, sem sentir esperança nem medo em relação a isto ou aquilo, deixe que ela repouse confortavelmente, aberta e natural. Nesse espaço da mente não há problemas, não há sofrimento.

Então, alguma coisa prende sua atenção - uma imagem, um som, um cheiro. Sua mente se subdivide em interno e externo, "eu" e "outro", sujeito e objecto. Com a simples percepção do objecto, não há ainda nenhum problema. Porém, quando você se foca nele, nota que é grande ou pequeno, branco ou preto, quadrado ou redondo. Então, você faz um julgamento - por exemplo, se o objecto é bonito ou feio. Tendo feito esse julgamento, você reage a ele: decide que gosta ou não gosta do objecto.

É aí que o problema começa, pois "Eu gosto disto" conduz a "Eu quero isto". Igualmente, "Eu não gosto disto" conduz a "Eu não quero isto".

Se gostamos de alguma coisa, se a queremos e não podemos tê-la, nós sofremos.

Se a queremos, a obtemos e depois a perdemos, nós sofremos.

Se não a queremos, mas não conseguimos mantê-la afastada, novamente sofremos.

Nosso sofrimento parece ocorrer por causa do objeto do nosso desejo ou aversão, mas realmente não é assim - ele ocorre porque a mente se biparte na dualidade sujeito-objeto e fica envolvida com querer ou não querer alguma coisa.


Chagdud Tulku Rinpoche


QUEM SOMOS
O Chagdud Gonpa Padma Ling é filiado à Fundação Chagdud Gonpa Brasil, organização que faz parte de uma rede internacional de centros budistas. A origem desta rede é o Chagdud Gonpa no Tibete, um monastério fundado no século XV.

Os centros brasileiros foram estabelecidos a partir de 1994 por S. Ema. Chagdud Tulku Rinpoche, e oferecem ensinamentos e práticas de meditação da tradição Nyingma do Budismo Tibetano Vajraiana.

A sede do Chagdud Gonpa Brasil é o Chagdud Gonpa Khadro Ling, localizado em Três Coroas, no Rio Grande do Sul, onde se localiza o primeiro templo tibetano tradicional da América Latina. Desde o parinirvana de S.Ema. Chagdud Tulku Rinpoche, em 2002, a rede sul-americana de centros está sob a direção espiritual de Chagdud Khadro. Com ela, trabalham lamas que foram ordenados por Chagdud Rinpoche, e praticantes que tiveram conexão com ele em vida, e que fazem parte do seu poderoso legado. Nossos professores.

O Chagdud Gonpa Padma Ling, localizado em Brasília, no Distrito Federal, foi fundado por Chagdud Rinpoche. O Centro funciona sob a orientação da Lama Sherab Drolma, estudante de Chagdud Rinpoche desde 1992 e ordenada por ele em 2002, atual presidente do Chagdud Gonpa Brasil.

O objetivo do Chagdud Gonpa Padma Ling, da mesma forma que todos os outros centros da Fundação Chagdud Gonpa Brasil é criar condições propícias aos ensinamentos e práticas do Budismo Vajrayana e promover o treinamento na filosofia e nas práticas de meditação que integram a linhagem Nyingma do Budismo Tibetano.

Somos uma organização sem fins lucrativos, destinada a manter viva a intenção de Chagdud Rinpoche de plantar e fazer florescer o caminho Vajraiana conforme foi elucidado por Guru Padmasambhava.

Desejamos que o Padma Ling seja um espaço onde praticantes e simpatizantes do Budismo Tibetano possam aprofundar sua prática e revelar as qualidades positivas da mente, para trazer benefícios a todos os seres sencientes.

Lama Sherab em Brasília. Lama Sherab compartilhando ensinamentos em sua mais recente visita ao Padma Ling
Oito Versos que Transformam a Mente
Com a determinação de alcançar
O bem supremo em benefício de todos os seres sencientes,
Mais preciosos do que uma jóia mágica que realiza desejos,
Vou aprender a prezá-los e estimá-los no mais alto grau.

Sempre que estiver na companhia de outras pessoas, vou aprender
A pensar em minha pessoa como a mais insignificante dentre elas,
E, com todo respeito, considerá-las supremas,
Do fundo do meu coração.

Em todos os meus atos, vou aprender a examinar a minha mente
E, sempre que surgir uma emoção negativa,
Pondo em risco a mim mesmo e aos outros,
Vou, com firmeza, enfrentá-la e evitá-la.

Vou prezar os seres que têm natureza perversa
E aqueles sobre os quais pesam fortes negatividades e sofrimentos,
Como se eu tivesse encontrado um tesouro precioso,
Muito difícil de achar.

Quando os outros, por inveja, maltratarem a minha pessoa,
Ou a insultarem e caluniarem,
Vou aprender a aceitar a derrota,
E a eles oferecer a vitória.

Quando alguém a quem ajudei com grande esperança
Magoar ou ferir a minha pessoa, mesmo sem motivo,
Vou aprender a ver essa outra pessoa
Como um excelente guia espiritual.

Em suma, vou aprender a oferecer a todos, sem exceção,
Toda a ajuda e felicidade, por meios diretos e indiretos,
E a tomar sobre mim, em sigilo,
Todos os males e sofrimentos daqueles que foram minhas mães.

Vou aprender a manter estas práticas
Isentas das máculas das oito preocupações mundanas*,
E, ao compreender todos os fenômenos como ilusórios,
Serei libertado da escravidão do apego.

Geshe Langri Tangda

Novidades na loja do Padma Ling

Zen

Em algodão. Fabricado no Nepal.

image01

Incensos

Incensos nacionais e importados para várias práticas.

image02

Lamparinas para altar

Jogos de lamparinas para montar o seu altar.

image03

Pano para sino

Lindo trabalho artesanal. Feito no Nepal.

image04
“O mantra Om Mani Padme Hum é fácil de dizer mas muito poderoso, pois contém a essência de todo o ensinamento.
Quando você diz a primeira sílaba Om é abençoada para ajudá-lo a alcançar perfeição na prática da generosidade, Ma ajuda a perfeita prática da ética pura, e Ni ajuda a alcançar perfeição na prática da tolerância e paciência. Pad, a quarta sílaba, ajuda a alcançar a perfeição da perseverança, Me ajuda a alcançar perfeição na prática da concentração, e a sexta sílaba final Hum ajuda a alcançar perfeição na prática da sabedoria.
Assim, deste modo recitação do mantra ajuda a alcançar a perfeição nas seis práticas de generosidade para com sabedoria. O caminho destes seis perfeições é o caminho trilhado por todos os Budas dos três tempos.
O que poderia, então, ser mais significativo do que dizer o mantra e realizar as seis perfeições?”
CLN 206 - Bloco B – Sobreloja - Asa Norte - Brasília – DF (em cima da panificadora, acesso pela rampa) — Email: cgpadmaling@yahoo.com.br
o